sexta-feira, 8 de abril de 2011

Meu medo de cada dia

O medo é como um fantasma horroroso que só eu vejo. Me persegue, me vigia, me julga por cada mínimo ato corriqueiro e leviano.


Tudo o que penso em fazer, lá vem ele me assombrar com imponência pessimista e destruidora.

Mas, sou forte, tenho stamina. Lutadora, guerreira. Sei que venço.

Nenhum comentário: